29 de set de 2013

MENSAGENS DE CHICO XAVIER 2


MENSAGENS


A  CARIDADE

Francisco C. Xavier, (Chico Xavier), deu exemplos de Caridade, o que é caridade?
Caridade é o exercício que se faz para desenvolver o AMOR, quanto mais se pratica mais aprende a amar e os vícios vão sendo domados a criatura vai ficando mais feliz.
Existe dois tipos de Caridade:

Caridade Material -  E podemos exercitá-la doando bens materiais para os outros, os mais necessitados, roupas, eletrodomésticos, comida, etc...

Caridade Moral ou Espiritual - Essa mexe com o sentimento e leva-nos a transformação moral, exercitamos ela procurando compreender os outros, inquirindo os mais profundos males que os aflige e ajudando eles a remover esse mal; ou praticando em nós mesmos removendo a causa de nossas aflições ou resignando.

Ambas as Caridade pode serem praticadas ao mesmo tempo e uma depende da outra,  quando se pratica a Caridade Moral nasce o desejo, uma vontade, em si mesmo de doar algum objeto material para alguém. E quando forçarmos nossa vontade para doar algo de material para os outros, o contato com o semelhante, quando entregamos a doação acabamos por descobrir neles e em nós os sofrimentos, daí nasce o desejo mais profundo de ajudar, junto também pode surgir o sentimento de piedade, e ao ajudar, mesmo contrariado, mais cedo ou mais tarde acabamos por amar.

Então devemos esforçar para praticar a Caridade. Quando praticarmos a caridade devemos acrescentar também uma palavra, um conselho.


Para acabar com um hábito ruim, adquirido ao longo do tempo ou de muitas outras encarnações, é só praticar outro hábito repetidas vezes no tempo.





























RENOVAÇÃO



Não procures repousos

Em momentos vazios.


Inércia simplesmente

É começo da angústia.


Provação superada

Faz-se bênção de luz.


Sofre mas permanece

Construindo no amor.


Se queres elevar-te,

Não há outro caminho.


Na forja do serviço,

Deus te renovará.

Espírito: Emmanuel
Médium: Fancisco Cândido Xavier
Do Livro: Amor e Luz


Feliz ano novo para todos e Deus os

abençoe!


      ACHARÁS

Entrega a Deus os problemas
que se te façam, insolúveis,
trabalha e caminha adiante.
Assim acharás no próprio
coração a presença da paz,
a irradiar-se de ti por fonte
de amor e luz.

Espírito Emmanuel.


Agora

Agora, enquanto é hoje, eis que fulgura
O teu santo momento de ajudar!…
Derrama, em torno, compassivo olhar
Estende as mãos aos filhos da amargura …

Repara! … aqui e além, a desventura
Caminha ao léu, sem pão, sem luz, sem lar,
Acende o próprio amor! Faze brilhar
A tua fé tranquila, doce e pura.

Agora! eis o minuto decisivo! …
Abre teu coração ao Cristo Vivo,
Não permita que o tempo marche em vão.

E ajudando e servindo sem cansaço,
Alcançarás, subindo a passo a passo,
A glória eterna da ressureição.

Auta de Souza
Médium = Francisco C. Xavier
do livro = Auta de Souza - (ideal)

          Ânimo e fé
         
          A existência pode ser amarga.
          Espinhais talvez se te estendam no
 caminho.
          Caíste, provavelmente, algumas
vezes e outras tantas te reergueste, à custa
de lágrimas.  
          Sofreste perseguição e zombaria.
          O mundo terá surgido aos teus olhos
por vasto deserto.
           Anotaste a força da morte que te
subtraiu a presença de entes caros.
            Viste a deserção de companheiros,
renegando-te os ideais.
           Seres queridos ignoram-te os 
propósitos de elevação.
           Varastes crises em forma de fracassos
aparentes.
            Tiveste o menosprezo por parte de 
muitos daqueles aos quais te confiaste.
            Ouviste as palavras esfogueantes
dos que te condenaram sem entender-te.
            Palmilhaste longas áreas de solidão.
            Perdeste valores que consideravas
ESSENCIAIS À SUSTENTAÇÃO DOS
empreendimentos que te valorizam as
horas.
            Sofres tribulações.
            Suportas conflitos.
            Atravessas dificuldades e tentações.
            Entretanto, por maior que seja a
carga de provações e problemas que te
pesam nos ombros, ergue a fronte e 
caminha para a frente, trabalhando e 
servindo, amando e auxiliando, porque
ninguém, nem circunstância alguma te 
podem furtar a imortalidade, nem te 
afastar da onipresença de Deus.

Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier 

                             Melindres
               Não permita que suscetibilidades lhe conturbem o coração.
               
               Dê aos outros a liberdade de pensar, tanto quanto você é livre para pensar como deseja.

               Cada pessoa vê os problemas da vida em ângulo diferente.

           Muita vez, uma opinião diversa da sua pode ser de grande auxílio em sua experiência ou negócio, se você se dispuser a estudá-la.

               Melindres arrasam as melhores plantações de amizade.

               Quem reclama agrava as dificuldades.

                Não cultives ressentimentos.

               Melindrar-se é um modo de perder as melhores situações.

Espírito: André Luiz
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: "Sinal Verde"



CÉDULA DE LUZ

A fim de realizar singelo estudo
Sobre alívio nas lágrimas terrenas,
Durante algumas horas
Acompanhei de pensamento mudo
Dez reais apenas.

A cédula saiu primeiramente
Das mãos de um sapateiro
Pobre, alegre, risonho,
Parecendo uma estrela vindo
Em sonho para trazer apoio
A um menino doente...

Dessa criança humilde prosseguiu
Na bela caminhada
E sustentou dois pratos de socorro
A companheiros tristes
Que jaziam febris em antiga calçada...

Logo depois, das mãos de um balconista sem maiores
Recursos,
Ei-la a seguir sem pretensões de esmola, de modo a socorrer
Um pequerrucho acidentado
Quando vinha da escola...

Logo após, garantiu
Ligeira refeição
De modesta família em provação...

Ao terminar o dia
A cédula fizera
Tanta luz, tanto amor, tanta alegria,
Que levantei o coração
E ansiando exprimir o meu louvor
Só conseguir dizer:
“Oh! Providência eterna!
Pela bendita possibilidade
Com que simples moeda,
Obdecendo ao teu amor,
Pode criar no mundo,
Tantos samaritanos e tantos cirineus:
Pelo dinheiro que nos dás,
No trabalho e na paz,
“Sê louvado meu Deus!”
Maria Dolores(1900-1950)
Psicografia de Chico Xavier
Do livro Amanhece



      Repara onde moras
  A Terra é precioso domícilio da Lei do Senhor onde cada criatura edifica o plano em que passa a viver.
     O usuário sofre na furna da miséria.
     O delinquente suporta o desvão do remorso.
     O insensato grita no inferno da loucura.
     O preguiçoso grita no sótão da necessidade.
     O intolerante reside no serpentário da aversão.
     O egoísta detém-se no cárcere das trevas.
     O rico displicente carrega a Cruz da responsabilidade.
     O pobre inconformado respira no purgatório da angústia.
     O simples de coração cresce no templo da paz.
     O semeador do progresso vive ao sol da prosperidade.
     O servidor fiel repousa na consciência tranqüila.
     O amigo do estudo mora no lar do conhecimento,
Repara onde resides.
     Cada espírito respira na faixa de claridade ou sombra, de dor ou alegria a que se acolhe através da atitude que assume perante a vida,
     Não ter percas na contemplação prematura das paisagens Celestiais, sem haver pago à Terra o tributo de serviço que lhe devemos.
     Faze de tua existência um campo educado no bem para a colheita do amor e a própria casa terrestre em que estagias se transformará para os teus pés em sublime degrau de acesso às moradas abençoadas da luz.

Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: Moradia de Luz



      LEI DO TRABALHO

O verme aduba.
A terra acalenta.
O orvalho protege.
O vento renova.
A semente produz.
O arado sulca.
A enxada coopera.
O tronco ampara.
A flor embalsama.
O fruto alimenta.
A pedra segura.
A fonte enriquece.
O fio agasalha.
A agulha compõe.
A estrada aproxima.
O sinal informa.
A ponte reúne.
A pena agrava.
O martelo afeiçoa.
O serrote corrige.
O teto recolhe.
A mesa atende.
O vaso auxilia.
A lâmpada clareia.
O leito socorre.

A própria chama condicionada é a benção da lareira doméstica e a gota de veneno, controlada a rigor, é remédio que cura.
Repare, desse modo, a lei do trabalho e a disciplina, funcionando junto de ti, através de fatos e cousas, aparentemente sem importância.

Tudo age.
Tudo obedece.
Tudo evolui.
Tudo responde.
Tudo serve.

E, sabendo que cada criatura deve ser útil, conforme as faculdades de que disponha, observa o que fazes com o tesouro das horas, porquanto o tempo chamado “hoje”, é recurso em teu favor, na contabilidade da vida, marcando-te acerto de contas para amanhã.
Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: “Ideal Espírita”






                     Podia ser



                A velhinha que vimos, vergada ao peso do sofrimento, não é aquela benfeitora que nos ofertou o berço na Terra no entanto, podia ser.

          O trabalhador abatido que passou esmagado de angústia, não é aquele amigo respeitável que nos serviu de pai no mundo, mas, em verdade, podia ser.

          A criança desditosa, que renteou conosco na via pública, estendendo mãos à caridade, não é nosso filhinho, contudo, podia ser.

          O mendigo cansado de abandono, relegado à incerteza da rua, não é pessoa de nossa casa, entretanto, podia ser.

          O doente caído em desamparo e cujo o martírio orgânico no indica a pensar na desventura dos que vagam sem teto, não é nosso parente consangüíneo, todavia, podia ser.

          Diante dos que choram e sofrem coloquemo-nos, de imediato, em lugar deles, e saberemos compreender que toda migalha de bondade e alegria é talento de luz.

          Caridade é a benção de Deus em movimento constante. Hoje é a nossa hora de dar, amanhã será o nosso dia de receber.

                          André Luiz

Médium: Francisco C. Xavier

Do livro “Marcas do Caminho”





          
Jesus


Reis, juízes, heróis, generais e tiranos.
Entre o ouro e o poder, de vitória, em vitória,
Comandaram na Terra a vida transitória.
Erguendo sobre o povo os braços soberanos.

     E passaram fremindo, arrojados e insanos,
     Ébrios de ostentação e famintos de glória
     Detendo-se, porém, nos túmulos da história.
     Relegados à dor de cruéis desenganos.

Mas o Cristo, na palha, humilde e pequenino,
Traz consigo somente o coração divino,
Na exaltação do bem que ilumina e socorre...

     E, brilhando por sol generoso e fecundo,
     Em todas as nações que engrandecem o mundo
     É sempre o Excelso Rei do amor que nunca morre.
                    
                        Espírito: Amaral Ornelas

 Médium: Francisco Cândido Xavier
Do livro: Antologia mediúnica do Natal


http://topatudo10.blogspot.com   http://virkatulo.blogspot.com   http://eeevangelho.blogspot.com
http://edvszbrasil.blogspot.com

NOVO NATAL
Natal!... Um tempo novo se inicia...
Entre belos clarões renovadores,
Nasce Jesus, em meio dos pastores
Que cantam inflamados de alegria.

O Enviado de Deus às nossas dores!...
Ei-lo que nos instrui, consola e guia,
Indiferente às tramas e rancores,
Nas agressões da treva que vigia...

Carrega sem protestos ou lamentos
A cruz de dor dos últimos momentos
Sob o rigor da lei, sem que a degrade...

Natal!... Por nós, Jesus está de volta
Sem pompa, sem troféu e sem escolta,
Promovendo a união da humanidade.

              Maria Dolores
              Do Livro: Senda para Deus
              Psicografia de Francisco C. Xavier


Suporta

Nos momentos de crise,
Não te abata. Escuta.

Por nada te revoltes,
Nem te amendrontes. Ora.

Suporta a provação.
Não reclames. Aceita.

Não grites com ninguém.
Nem. firas. Abençoa.

Lance de sofrimento.
É o ensejo da fé.

Silêncio. Deus sabe
O instante de intervir.
Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier



                TÓPICOS DA IRRITAÇÃO
            Se a irritação já se te fez um hábito, pensa nas desvantagens dela para que te livres de semelhante desajuste espiritual.
            Ora, pedindo à Divina Providência a força precisa a fim de que te resguardes na tolerância.
            Imagine o azedume como sendo um espinheiro magnético, arremessando raios de energia destruidoras em todas as direções.
            A intemperança mental nunca auxilia a ninguém.
            Uma frase carregada de aspereza, na maioria dos casos, pode ser figurada como sendo murro no rosto das melhores oportunidades que te procuram.
            Ânimo violento apenas agrava situações e complica problemas.
            O costume de enraivecer-se é um predisponente a moléstia de trato difícil.
            Condenação não edifica.
            Ainda que o coração se te mostre ferido, conversa com serenidade e esclarece com paciência.
            Um gesto de gentileza opera prodígios.
Espírito: Emmanuel;    Médium: Francisco Cândido Xavier; Do livro: “CALMA”.