29 de set de 2013

MENSAGENS DE CHICO XAVIER 2


MENSAGENS



                             Melindres
               Não permita que suscetibilidades lhe conturbem o coração.
               
               Dê aos outros a liberdade de pensar, tanto quanto você é livre para pensar como deseja.

               Cada pessoa vê os problemas da vida em ângulo diferente.

           Muita vez, uma opinião diversa da sua pode ser de grande auxílio em sua experiência ou negócio, se você se dispuser a estudá-la.

               Melindres arrasam as melhores plantações de amizade.

               Quem reclama agrava as dificuldades.

                Não cultives ressentimentos.

               Melindrar-se é um modo de perder as melhores situações.

Espírito: André Luiz
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: "Sinal Verde"


 
CÉDULA DE LUZ

A fim de realizar singelo estudo
Sobre alívio nas lágrimas terrenas,
Durante algumas horas
Acompanhei de pensamento mudo
Dez reais apenas.

A cédula saiu primeiramente
Das mãos de um sapateiro
Pobre, alegre, risonho,
Parecendo uma estrela vindo
Em sonho para trazer apoio
A um menino doente...

Dessa criança humilde prosseguiu
Na bela caminhada
E sustentou dois pratos de socorro
A companheiros tristes
Que jaziam febris em antiga calçada...

Logo depois, das mãos de um balconista sem maiores
Recursos,
Ei-la a seguir sem pretensões de esmola, de modo a socorrer
Um pequerrucho acidentado
Quando vinha da escola...

Logo após, garantiu
Ligeira refeição
De modesta família em provação...

Ao terminar o dia
A cédula fizera
Tanta luz, tanto amor, tanta alegria,
Que levantei o coração
E ansiando exprimir o meu louvor
Só conseguir dizer:
“Oh! Providência eterna!
Pela bendita possibilidade
Com que simples moeda,
Obdecendo ao teu amor,
Pode criar no mundo,
Tantos samaritanos e tantos cirineus:
Pelo dinheiro que nos dás,
No trabalho e na paz,
“Sê louvado meu Deus!”
Maria Dolores(1900-1950)
Psicografia de Chico Xavier
Do livro Amanhece



      Repara onde moras
  A Terra é precioso domícilio da Lei do Senhor onde cada criatura edifica o plano em que passa a viver.
     O usuário sofre na furna da miséria.
     O delinquente suporta o desvão do remorso.
     O insensato grita no inferno da loucura.
     O preguiçoso grita no sótão da necessidade.
     O intolerante reside no serpentário da aversão.
     O egoísta detém-se no cárcere das trevas.
     O rico displicente carrega a Cruz da responsabilidade.
     O pobre inconformado respira no purgatório da angústia.
     O simples de coração cresce no templo da paz.
     O semeador do progresso vive ao sol da prosperidade.
     O servidor fiel repousa na consciência tranqüila.
     O amigo do estudo mora no lar do conhecimento,
Repara onde resides.
     Cada espírito respira na faixa de claridade ou sombra, de dor ou alegria a que se acolhe através da atitude que assume perante a vida,
     Não ter percas na contemplação prematura das paisagens Celestiais, sem haver pago à Terra o tributo de serviço que lhe devemos.
     Faze de tua existência um campo educado no bem para a colheita do amor e a própria casa terrestre em que estagias se transformará para os teus pés em sublime degrau de acesso às moradas abençoadas da luz.

Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: Moradia de Luz



      LEI DO TRABALHO

O verme aduba.
A terra acalenta.
O orvalho protege.
O vento renova.
A semente produz.
O arado sulca.
A enxada coopera.
O tronco ampara.
A flor embalsama.
O fruto alimenta.
A pedra segura.
A fonte enriquece.
O fio agasalha.
A agulha compõe.
A estrada aproxima.
O sinal informa.
A ponte reúne.
A pena agrava.
O martelo afeiçoa.
O serrote corrige.
O teto recolhe.
A mesa atende.
O vaso auxilia.
A lâmpada clareia.
O leito socorre.

A própria chama condicionada é a benção da lareira doméstica e a gota de veneno, controlada a rigor, é remédio que cura.
Repare, desse modo, a lei do trabalho e a disciplina, funcionando junto de ti, através de fatos e cousas, aparentemente sem importância.

Tudo age.
Tudo obedece.
Tudo evolui.
Tudo responde.
Tudo serve.

E, sabendo que cada criatura deve ser útil, conforme as faculdades de que disponha, observa o que fazes com o tesouro das horas, porquanto o tempo chamado “hoje”, é recurso em teu favor, na contabilidade da vida, marcando-te acerto de contas para amanhã.
Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: “Ideal Espírita”




                     Podia ser

                A velhinha que vimos, vergada ao peso do sofrimento, não é aquela benfeitora que nos ofertou o berço na Terra no entanto, podia ser.
          O trabalhador abatido que passou esmagado de angústia, não é aquele amigo respeitável que nos serviu de pai no mundo, mas, em verdade, podia ser.
          A criança desditosa, que renteou conosco na via pública, estendendo mãos à caridade, não é nosso filhinho, contudo, podia ser.
          O mendigo cansado de abandono, relegado à incerteza da rua, não é pessoa de nossa casa, entretanto, podia ser.
          O doente caído em desamparo e cujo o martírio orgânico no indica a pensar na desventura dos que vagam sem teto, não é nosso parente consangüíneo, todavia, podia ser.
          Diante dos que choram e sofrem coloquemo-nos, de imediato, em lugar deles, e saberemos compreender que toda migalha de bondade e alegria é talento de luz.
          Caridade é a benção de Deus em movimento constante. Hoje é a nossa hora de dar, amanhã será o nosso dia de receber.
                          André Luiz
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro “Marcas do Caminho”



          
Jesus


Reis, juízes, heróis, generais e tiranos.
Entre o ouro e o poder, de vitória, em vitória,
Comandaram na Terra a vida transitória.
Erguendo sobre o povo os braços soberanos.

     E passaram fremindo, arrojados e insanos,
     Ébrios de ostentação e famintos de glória
     Detendo-se, porém, nos túmulos da história.
     Relegados à dor de cruéis desenganos.

Mas o Cristo, na palha, humilde e pequenino,
Traz consigo somente o coração divino,
Na exaltação do bem que ilumina e socorre...

     E, brilhando por sol generoso e fecundo,
     Em todas as nações que engrandecem o mundo
     É sempre o Excelso Rei do amor que nunca morre.
                    
                        Espírito: Amaral Ornelas

 Médium: Francisco Cândido Xavier
Do livro: Antologia mediúnica do Natal


http://topatudo10.blogspot.com   http://virkatulo.blogspot.com   http://eeevangelho.blogspot.com
http://edvszbrasil.blogspot.com

NOVO NATAL
Natal!... Um tempo novo se inicia...
Entre belos clarões renovadores,
Nasce Jesus, em meio dos pastores
Que cantam inflamados de alegria.

O Enviado de Deus às nossas dores!...
Ei-lo que nos instrui, consola e guia,
Indiferente às tramas e rancores,
Nas agressões da treva que vigia...

Carrega sem protestos ou lamentos
A cruz de dor dos últimos momentos
Sob o rigor da lei, sem que a degrade...

Natal!... Por nós, Jesus está de volta
Sem pompa, sem troféu e sem escolta,
Promovendo a união da humanidade.

              Maria Dolores
              Do Livro: Senda para Deus
              Psicografia de Francisco C. Xavier


Suporta

Nos momentos de crise,
Não te abata. Escuta.

Por nada te revoltes,
Nem te amendrontes. Ora.

Suporta a provação.
Não reclames. Aceita.

Não grites com ninguém.
Nem. firas. Abençoa.

Lance de sofrimento.
É o ensejo da fé.

Silêncio. Deus sabe
O instante de intervir.
Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier



                TÓPICOS DA IRRITAÇÃO
            Se a irritação já se te fez um hábito, pensa nas desvantagens dela para que te livres de semelhante desajuste espiritual.
            Ora, pedindo à Divina Providência a força precisa a fim de que te resguardes na tolerância.
            Imagine o azedume como sendo um espinheiro magnético, arremessando raios de energia destruidoras em todas as direções.
            A intemperança mental nunca auxilia a ninguém.
            Uma frase carregada de aspereza, na maioria dos casos, pode ser figurada como sendo murro no rosto das melhores oportunidades que te procuram.
            Ânimo violento apenas agrava situações e complica problemas.
            O costume de enraivecer-se é um predisponente a moléstia de trato difícil.
            Condenação não edifica.
            Ainda que o coração se te mostre ferido, conversa com serenidade e esclarece com paciência.
            Um gesto de gentileza opera prodígios.
Espírito: Emmanuel;    Médium: Francisco Cândido Xavier; Do livro: “CALMA”.

24 de set de 2011

MENSAGENS DO MÉDIUM FRANCISCO XAVIER

             MENSAGENS de Francisco Xavier CONTINUAÇÃO...
Blog relacionado: http://virkatulo.blogspot.com/
                           http://eeevangelho.blogspot.com/
                          (copie e cole na barra de endereço) 

Não considerar os grifo nas palavra  deste texto abaixo, pois ele não foi colocado por mim, e ñ posso tirá-lo, pois há pessoas superiores a me em informática alduterando os textos que público e tentando mudar o sentido do texto, proválvemente os contraditores da doutrina Espírita.

Com paciência

Provações te buscam.
Dificuldades te agitam.
Tudo parece noite ao redor de teus passos.
Não te detenhas, no entanto, a fim de medir as sombras.
Prossegue trabalhando e não te afastes da paciência.
Por nada te desesperes.
Dá tempo a Deus para que Deus te acenda a luz.

Do livro: "Livro de Respostas"
Espírito: Emmanuel
                    Construir para si

Cada criatura permanece na estrada que construiu para si mesma.

A escolha é sempre nossa.

Fugir do trabalho de auxílio aos outros, sob esse ou aquele pretexto, é mera desculpa de quantos preferem retardar a melhoria própria.

Usa a palavra que abençoa e auxilia.

Não reproves ninguém.

Deus é amor.

                              Emmanuel

Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: "Agenda de Luz"

  CURA ESPIRITUAIS

     Comece orando. A prece é luz na sombra
em que a doença se instala.
     Semeie alegria. A esperança é
medicamento no coração.
     Fuja da impaciência. Toda irritação é
desastre magnético de consequências
imprevisíveis.
     Guarde confiança. A dúvida deita raios de morte.
     Não critique. A censura é choque nos
agentes da afinidade.
     Conserve brandura. A palavra agressiva
prende o trabalho na estaca zero.
     Não se escandalize. O corpo de quem sofre
 é objeto sagrado.
     Ajude espontaneamente para o bem.
simpatia é cooperação.
     Não cultive desafetos. Aversão é
calamidades vibratória.
     Interprete o doente qual se fosse você
mesmo. Toda cura espiritual lança raízes
sobre a força do amor.

André Luiz
Médium: Francisco Cândido Xavier
Do livro: "Espírito de Verdade"
      

  
PERDOA AGORA

Não te detenhas.

Torna à presença do companheiro
que te feriu e perdoa, ajudando-o a recuperar-se.
               
Reflete e ampara-o.
               
Quantas dores e quantas perturbações lhe
vergastaram a alma, antes que a palavra dele se
erguesse para ofender-te ou antes que o braço se lhe armasse pela  incompreensão e desferisse contra te o golpe deprimente?
                
Guarda a calma e auxilia, sem cessar.
               
Mais tarde, é possível que não possas, por
tua vez, suportar o assalto da ira e reclamarás
igualmente o bálsamo da alheia compreensão.
                
Retorna ao lar e à luta que talvez hajas  
deixado, e espalha, de novo, a bênção do amor, com
todos os corações que jazem envenenados pelo fel da crueldade ou pela peçonha da calúnia.

Perdoa agora, enquanto a oportunidade da reaproximação
te favorece os bons desejos porque, provavelmente, amanhã, o ensejo luminoso terá passado e não encontrarás, ao redor de ti, senão a cinza do arrependimento e o choro amargo de improdutiva
lamentação.
               
Espírito: Emmanuel
Psicografia do Médium Francisco Cândido Xavier
Do livro: “Assim Vencerás”
Mãe e Filho
Dói-me lembrar-te, Mãe, cansada e desvalida

Triste, vendo meu pai morrendo na bigorna,

Teu coração ferido, em lágrimas se entorna,

Mas queres sustentar-me o pão, a escola e a vida.

Lavadeira a servir suando em noite morna,
Desmaiaste no chão da choça hoje esquecida,
E ao lembrar-te a brusca e ansiosa despedida,
A dor se me refaz na angústia que retorna.

Chorei, sofri, cresci... Fui rico joalheiro,
Doente, enlouqueci atrelado ao dinheiro,
Mendigo, achei a morte, falando- em diamantes...

Agora, eis-me a pedir teus braços de amor puro,
Sei, porém, que é preciso esperar o futuro,
Quero ser teu menino pobre como dantes!...

                  Espírito: Júlio Monteiro
                  Médium: Francisco C. Xavier
 


        Desânimo

Desanimaste?
Porque?
Se o cansaço de domina,
Recorda que Deus te renova as forças.

Caíste?
Levanta-te e recomeça o trabalho
No justo lugar em que o deixaste.

Solidão?
Seguem ao encontro dos que sofrem,
Sob o peso de maior solidão, para os quais a tua fase de reconforto
Será uma bênção.

Página psicografada pelo Médium Francisco Cândido Xavier.


                 Desapego
Quantos estamos presos     
 A grilhões invisíveis?  
 Esse está preso ao campo
Que comprou por milhões 
Outro prendeu-se à forma 
Que lhe consome a vida. 
Aquele lembra um louco     
Em algemas de ouro.   
Há quem faça do amor 
Um cativeiro em trevas. 
Se queres paz em Deus,       
Desapega-te e ama.
Espírito: EmmanuelPágina psicografada pelo Médium: Francisco C. XavierDo livro “Caminhos



        HOJE

Não temas as provas de hoje.
Supera o mal com o bem.
Todos temos um amanhã.
No entanto, porque o futuro nos pertença não
Menosprezes o momento de agora.
Se sofrestes desgostos não lhes conserves os
Remanescentes no coração.
Esquece afrontas e ofensas.
O perdão desata quaisquer algemas entre vítima e
Agressor.
O trabalho dissipa as sombras do espaço da alma.
Serve sempre.
Não cultives enfermidades imaginárias, nem te
Amofines por aflições que talvez não chegues a
Conhecer.

Espírito: Emmanuel/Chico Xavier


      A Língua
     
                                                                           “A língua também é um fogo”
                                                                                             Tiago – 3:6.


      A desídia das criaturas justifica as amargas considerações de Tiago, em sua epístola às comunidades do cristianismo.
     
     O início de todas as hecatombes do planeta localiza-se, quase sempre, no mau uso da língua.

     Ela está posta entre os membros do organismo humano como o pequeno leme de uma embarcação poderosa, como lembra o grande apóstolo de Jerusalém. Em sua potencialidade está o recurso sagrado de criar, como o leme de proporções reduzidas foi instalado para conduzir.

     A língua guarda a centelha divina do verbo mas o homem, de modo geral, costuma desviá-la de sua função grandiosa para o pântano de cogitações subalternas, e aí temos como fonte de quase todos os desvarios da Humanidade sofredora, cristalizadas em propósitos mesquinhos, à míngua de humildade e de amor.

     A guerra nasce da linguagem dos interesses criminosos, insatisfeitos. As  grandes tragédias sociais se originam da linguagem dos sentimentos inferiores.

     Poucas vezes, a língua do homem há consolado e edificado aos seus irmãos; notemos, porém, que a sua disposição é sempre ativa para excitar, disputar, deprimir, enxovalhar, acusar e ferir desapiedadamente.
    
     O discípulo sincero encontra, nos apontamentos de Tiago, uma tese brilhante para todas as suas experiências.
    
     E, quando chegue a noite de cada dia, será justo que interrogue a si mesmo:
-    “Terei hoje utilizado a minha língua como Jesus utilizou a dele?”
                                                     Emmanuel

Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: “Segue-me” 
           

Reajuste e Simplifique


Não é pela violência
Que alcançaremos a realização,
         Habitue-se a usar a serenidade,
Considerando que um edifício
Se constitui de insignificâncias mil.


Não é pela maldade
Que chegaremos à bondade.
          Acostume-se a tolerar e a desculpar,
Corrigindo em você mesmo
Aquilo que lhe desagrada nos outros.

Não é exaltando à sombra
Que acenderemos a luz.
           Evite os comentários obscuros, onde o
Mal encontra brechas para dominar os atos,
As palavras e os pensamentos.

Não é semeando moléstias
Que sustentaremos a saúde.
           Alija a carga mental das idéias
Enfermiças e plante o bom ânimo,
O otimismo e a alegria, em cada minuto.

Não é contemplando feridas
Que ajudaremos a humanidade.
           Lembre-se do “lado melhor”
Do irmão de jornada e ajude-lhe o coração
A esquecer todo o mal.

Ninguém precisa ferir, humilhar
Ou desesperar.
           Reajuste e simplifique.
           O Senhor fará o resto.
                 
Espírito André Luiz
                 
Médium: Francisco C. Xavier, do livro “Nosso Livro”

   

       
      TRABALHO NOSSO

     Não te aflijas sobre a destinação do mundo.
     A eterna sabedoria conhece o que deve ocorrer 
à vida planetária.
     Agora é o nosso tempo.
     Hoje é o dia em que nos compete fazer o que deva ser feito.
     As criaturas que te pedem apoio, o lar que sustentas,
as obrigações que assumiste, a causa que enobreces são em si, o quadro dos desígnios superiores a que precisas atender.
     Entesoura a cultura que desejas. Antes de tudo. porém, atendem aos deveres que se te fazem essenciais.
                    Espírito Emmanuel

Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: "Sinais de Rumo"


                 Cartão de Natal

     Ao clarão do Natal, que em ti acorda a música da esperança, escuta a voz de alguém que te busca o ninho da própria alma!...  Alguém que te acende a estrela da generosidade nos olhos e te adoça o sentimento, qual se trouxesse uma harpa de ternura escondida no peito.

     Sim, é Jesus, o amigo fiel, que volta.

     Ainda que não quisesses, lembrar-lhes-ias hoje os dons inefáveis, ao recordares as canções materna que te embalaram o berço, o carinho de teu pai, ao recolher-te nos braços enternecidos, a paciência dos mestres que te guiaram na escola e o amor puro de velhas afeições que te parecem distantes.

     Contemplam a rua, onde luminárias e cânticos lhe reverenciam a glória;  entretanto, vergas-te ao peso das lágrimas que te desafogam o coração... É que ele te fala no íntimo, rogando perdão para os que erram, socorro aos que sofrem, agasalho aos que tremem na vastidão da noite, consolação aos que gemem desanimados e luz para os que jazem nas trevas.

     Não hesites! Ouve-lhe a petição e faze algo!... Sorri de novo para os que te ofenderam; abençoa os que te feriram; divide o farnel com os irmãos em necessidade; entrega um minuto de reconforto ao doente; oferece numa fatia de bolo aos que moram, sozinhos, sob ruínas e pontes abandonadas; estende um lençol macio aos que esperam a morte, sem aconchego do lar; cede pequenina parte de tua bolsa no auxílio às mães fatigadas, que se afligem ao pé dos filhinhos que enlanguescem de fome, ou improvisa a felicidade de uma criança esquecida.

     Não importa  se diga que cultivas a bondade somente hoje quando o Natal te deslumbra!...
Comecemos a viver com Jesus, ainda que seja por algumas horas, de quando em quando, e aprenderemos, pouco a pouco, a estar com ele, em todos os instantes, tanto quanto ele permanece conosco, tornando diariamente ao nosso convívio e sustentando-nos para sempre.
                                              Espírito: Meimei

Médium: Francisco Cândido Xavier
Do Livro: Antologia Mediúnica do Natal.



               Em Torno do Futuro

             Não precisas procurar advinhos
para saber o que te espera, nem necessitas
daqueles outros que te descubram o passado
que já conheces pelas próprias tendências.
          
            A Vida é o presente vivo e imperecível.
           
            Na tela das horas, somos o outrem
que se foi e seremos o amanhã que virá.

            A semente plantada resume todas
as nossas cogitações em torno do porvir.

            Terás o que cultivas.

            Não colherás figos na macieira e vice-versa.

           Ciente de que todos os pensamentos e atos são
sementeiras de destino, seleciona o material que
consideres adequado à tua felicidade e centraliza-o
no serviço do bem aos semelhantes.
  
            Do que deres presentemente, recolherás
os resultados depois.

            O futuro começa agora.

            Cede hoje à vida o que possuas de melhor e,
amanhã, aquilo que a vida tenha de melhor te responderá.
 
Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco Cândido Xavier
Do livro: "Jóia"


                 A SOLICITAÇÃO DO SENHOR

               O homem se dizia infeliz, depois de haver implorado o socorro dos Céus,
encontrou, em sonho, o Mensageiro do Senhor que lhe falou generosamente:
              
               - O Eterno Benfeitor se enterneceu com as tuas lágrimas e te escutou
as petições. Em resposta, recomenda-te coragem a fim de que possas receber
o Apoio Divino...

               Antes que o Emissário terminasse, o homem quase magoado interferiu:

               - Coragem? Acaso não tenho mostrado ausência de medo em toda a minha vida? Guardo medalhas de muitas competições. Escalei o monte de mais
escarpado de minha região, por seis vezes fui campeão de corridas arriscadas, já montei protos bravos e, por duas vezes, abati onças no sertão...

               - O Mensageiro, porém, sorriu e esclareceu:

               - Sim, tudo isso é para considerar, mas o que o Senhor te pede é a coragem de cumprir o teu próprio dever.


Espírito:  Emmanuel
Médium: Francisco Cândido Xavier
Do Livro: Livro de Respostas




                 PODES FAZER ISSO
     Se nada tens para doar aos companheiros de caminho, na jornada humana, reúne as próprias forças e oferece-lhes um sorriso de paz e de encorajamento para que a tristeza ou o desânimo não  se lhe aproximem dos corações.
     Espírito: Emmanuel
     Médium: Chico Xavier - do livro, “Esperança e Vida”.
Oração à mulher

Missionária da vida.

Ampara o homem
Para que o homem te ampare.

Não te conspurques no prazer,
Nem te mergulhes no vício.

A felicidade na terra depende de ti,
Como o fruto depende da árvore.

Mãe, sê o anjo do lar.

Esposa, auxilia sempre.
Companheira, acende o lume da
Esperança.

Irmã, sacrifica-te e ajuda.

Mestra, orienta o caminho.

Enfermeira, compadece-te.

Fonte sublime, se as feras do mal
Te poluírem as águas,
Imita a corrente cristalina
Que no serviço infatigável a todos,
Expulsa do próprio seio
A lama que lhe atiram.

Por mais te aflija a dificuldade,
Não te confie à
Tristeza ou ao desânimo.

Lembra os órfãos, os doentes,
Os velhos e os desvalidos da estrada
Que esperam por teus braços e
Sorri com serenidade para a luta.

Deixa que o trabalho
Tanja as cordas celestes
Do teu sentimento para que
Não falte a música da harmonia
Aos pedregosos trilhos da
Existência terrestre.

Teu coração é uma
Estrela encarcerada.
Não lhe apagues a luz para que o
Amor resplandeça sobre as trevas.

Eleva-te, elevando-nos.

Não te esqueças de que trazes nas
Mãos as chave da vida porque
A chave da vida é a glória de Deus.

Espírito: Meimei
Médium: Francisco C. Xavier - Do Livro: “À Luz da Oração”  

obs: os grifos não são válidos, foi os contraditores que grifou ao salvar a mensagem.


UNICAMENTE DE TI

                    Diante do serviço do bem, não afirmes "não posso" e nem digas "nada sei".
                    Lembra-te de que no curso dos dias, a se repetirem no tempo, cada hora pode trazer-nos nos sempre nova lição.
                    E há tarefas, na experiência, cuja solução depende ùnicamente de ti.
                    Nem dos mestres de teu caminho...
                    Nem dos amados de tua alma...
                    Nem dos conselheiros de tua fé...
                    Nem dos heróis de teu culto...
                    Nem dos benfeitores desencarnados...
                    Nem dos amigos que te rodeiam...
                    Ùnicamente de ti mesmo...
                    A sós contigo e ao lado dos credores e devedores de tua marcha...
                   É o chamamento imperioso da renúncia no lar, é o dever no campo profissional em que os os pequenos sacrifícios gravam a ficha de tua honra, é o necessitado a reantear contigo na vida pública, suplicando-te ampara, é o amigo a quem podes pessoalmente desculpar, sempre que haja uma falta a ser esquecida, é a crança que te pede um minuto de apoio, é o espírito em sombra a rogar-te leve gota de luz, através da palavra tolerante e afetuosa...
                   Não olvides, assim, que, se há programa de caridade a luzir para todos, há um apelo da lei de Deus a ti sómente, para que exercites a sublime virtude com teu esposo, com teu filho e com teu amigo, com teu desafeto ou com teu devedor...
                   E atendendo, em silêncio, ao convite celeste, a que se faça o bem que o mundo em torno espera agora unicamente de ti, acordarás mais tarde, na Beneficiência Divina, de coração convertido em astro de entendimento, brilhar para a vida em sereno sereno esplendor.

                           Espírito Emmanuel/psicografia do Médium: Francisco C. Xavier



ÊXITO
“Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverem em vós,  pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito”.
Jesus                                                       (João, 15:7.)

             Muitos companheiros perdem recurso,  oportunidade,  tempo e força na preocupação desmedida em torno do êxito.
Sonhando realizações mirabolantes,  acabam frustrados  na mania de grandeza.
             Dizem-se interessados na lavoura do bem, mas, para cultivá-la, esperam a execução de negócios imaginários, a aquisição de poder, a posse de ouro fácil ou a chegada de prêmios fortuitos... E, complicando a própria estrada, observam-se, de chofre,  em presença da morte, quando menos contavam com semelhante visita,
             Entretanto, o conquistador do maior êxito de todos os tempos não se ausentou do mundo como quem triunfara...
             Não recebeu heranças amoedadas, não governou princípios políticos, não escreveu livros, não enfileirou entre os maiorais de sua época...
             Aprisionado como vulgar malfeitor, foi sentenciado á morte e passou como sendo vítima de pavoroso fracasso.
             Contudo, as sementes de amor puro que colocou na alma do povo transformaram o mundo.
             Reparas Jesus e perceberás que o nosso problema não é de ganhar para fazer, mas de fazer para ganhar.
             A colheita não precede à sementeira, tanto quanto o teto não se antepõe à base.
             Sirvamos ao bem, simplificando o caminho, de vez que a vitória real é a vitória de todos, convictos de que não precisamos gastar as possibilidades da existência em expectativas e tensão, porquanto, se estivermos em Cristo, tudo quanto de que necessitarmos será feito em nosso favor, no momento oportuno.
                        Emmanuel/Médium: Francisco C. Xavier 


LIMPEZA

     Onde o bem se mostre por edificação de bem de todos, a limpeza comparece na base de todos os serviços.
     A fim de que produza, com segurança, a gleba aguarda o concurso da enxada contra o crescimento da erva daninha.
     O laboratório reclama instrumentos esterilizados para que o remédio alcance os fins que se destina.
     O lar espera faxina diária, na preservação da saúde dos moradores.
     O livro, verdadeiramente nobre, demanda rigorosa triagem para que se lhe evite, no texto, o prejuiso dos termos chulos.
     Nas providências mais simples da vida, surpreendemos semelhante necessidade.
     Alimento sadio requisita seleção de produtos.
     Água, para servir, quer filtragem.
     Vias públicas solicitam esgotos.
     Nas mesmas circunstâncias, diante das posições desagradáveis da alma, que, de fato, equivale a pertubações e moléstias obscuras da mente, é necessário saibamos usar lixívia da paciência, aclarando raciocínios e renovando emoções, definindo atitudes e policiando palavras, na certeza de que toda cura espiritual exige a limpeza do pensamento.
     Albino Teixeira
Psicografia do médium Francisco C. Xavier 


                         IMAGINEMOS

Sofres e lutas?
                   Alma fraterna, enquanto aqui me escutas, imagina a caudal de sofrimentos que rola pelo mundo.
                   Pensa nos dias lentos dos que gemem a sós, de segundo a segundo, do pardieiro humilde aos grandes hospitais...
Se, em verdade, pudesses contar as lágrimas e as preces que surgem sem cessar nos que faceiam duras provações sem apoio e sem lar, carregando nos próprios corações inquietação, angústia, sombra, desventura...
                   Se pudesses somar as chagas, os desgostos e os gemidos na alma triste e insegura dos irmãos perseguidos por pedradas da injúria e açoites do pesar...
Se enumerasses todas as crianças que por falta do amor a que te elevas, sofrem deformações, suplícios e mudanças, da infância rejeitada à revolta nas trevas.
Se pudesses fitar, analisar, transpor, no caminho em em que avanças aflições que talvez  nunca enxergaste em derredor, certo que a tua dor facaria menor.

                                                                                     Maria Dolores                                     
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: “A Vida Conta”         



               Quitação

Todas as contas a resgatar pede relação direta entre credores e devedores.
É por isso que te vês, frequentemente, na terra, diante daqueles a quem
Deve algo.
No lar ou nas linhas que marginam, é fácil reconhecê-los, quando entregas
Desinteresse e dedicação, recolhendo aspereza e indiferença.
Muitas vezes, trazem nomes queridos no recinto doméstico, e assemelham-se
A impassíveis verdugos, apresando-te o coração nas grades do sofrimento.
Em muitos lances da estrada, são amigos a quem te dás, sem reserva, e que
Te arrastam a dificuldades de longo curso.
Em varias ocasiões, são pessoas das quais enxugastes as lágrimas, situando-as na intimidade da própria vida, e que, de inesperado, te agridem a confiança
Com as pedras do desapreço.
Noutras circunstâncias, são companheiros de experiência que, de súbito, se
Transformam em adversários gratuitos de teu caminho, hostilizando-te, em toda parte.
Entretanto, se defrontando por semelhantes problemas, é indispensável te municies de amor e paciência, tolerância e serenidade, para desfazeres a trama da incompreensão.
Guarda a consciência no dever lealmente cumprindo e, haja o que houver,
Releva os golpes com que te firam, ofertando-lhes o melhor sentimento, a
Melhor idéia, a melhor palavra e a melhor atitude.
Água cristalina, pingando,  gota a gota, converte o vaso de vinagre em vaso de
Água pura.
E, se depois de todos os teus gestos de fraternidade e benevolência, ainda te
Perseguem ou te injuriam, abençoa-os em prece e continua, adiante, fiel a ti mesmo, na certeza de que humildade, na hora da crise, é nota de quitação.
                   Emmanuel
Médium: Francisco Cândido Xavier
Do livro: “Justiça Divina” - FEB  




    MÁ- VONTADE

“Não vos comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas” Paulo (Efésios 5:11)

Má-vontade gera sombra.
A sombra favorece a estagnação.
A estagnação favorece o mal.
O mal entroniza a ociosidade.
A ociosidade cria a discórdia.
A discórdia desperta o orgulho.
O orgulho acorda a vaidade.
A vaidade atiça a paixão inferior.
A paixão inferior provoca a indisciplina.
A indisciplina mantém a dureza de coração.
A cegueira espiritual conduz ao Abismo.
Entregue às obras infrutuosas da incompreensão,
Pela simples Má-vontade pode o homem rolar
Indefinidamente ao precipício das trevas.



    BOA VONTADE

Sede prudentemente como andais” (Paulo /Efésio 5:15)

Boa-vontade descobre o trabalho.
O trabalho opera a renovação.
A renovação encontra o bem.
O bem revela o Espírito de Serviço.
O Espírito de Serviço encontra a compreensão.
A compreensão ganha a humildade.
A humildade conquista o amor.
A renúncia atinge a luz.
A luz atinge o aprimoramento próprio.
O aprimoramento próprio santifica o homem.
O homem santificado converte o mundo para Deus.
Caminhando prudentemente, pela simples
Boa-vontade, a criatura alcançará o
Divino Reino da luz.
       Emmanuel/psicografia do Médium: Francisco C. Xavier Do Livro: “NESTE INSTANTE”.








             Age e Verás

                 Procuras a paz.
                 Queres felicidade.

                 Recorda, porém, que ninguém
consegue algo por nada.

                 Tranquiliza quantos te desfrutam
a convivência e faze-os felizes, tanto quanto puderes.

                 Para isso, não admitas dificuldades
insuperáveis.

                 Esquece sofrimentos e queixas.
                 Prossegue fazendo o melhor que possas.
                 Não desanimes.
                 A perseverança no bem aos outros para
dividendos preciosos de segurança e alegria.
                 Espírito Emmanuel/psicografia do Médium:
Francisco Cândido Xavier, do livro: "Livro de Respostas"



                               TRABALHA E VIVA


A morte é realmente libertação, mas a fuga ao dever é agravo de compromisso.

                                                                      *       
O lavrador espera o fim do dia descansará sob a paz do firmamento estrelado; aquele, porém, que incendeia o campo, desertando das próprias obrigações, condensa a névoa do remorso adentro do próprio ser.

*
Por maior seja a dor que te fira, asserena-te e espera, mas espera agindo e servindo para o bem.

*
Nunca te entregues ao desespero.

*
Certas provas expressam bênçãos ocultas das quais, na terra, não se compreende o significado imediatamente.

*
Serve e aguarda o tempo.
Tudo se renova, a fim de aperfeiçoar-se.

*
O que hoje te parece sofrimento amanhã, talvez, considerarás por socorro de antecipação.

*
Progresso é a soma dos problemas solucionados.
Evolução é barreira vencida.

*
Dificuldade é medida de resistência.
Tribulação é o cadinho da fé.

*
Ergue-te, cada dia, para fazer o melhor que puderes.

*
Quando não conseguires adiantar-te em passo regular, segue lentamente, mais segue de maneira constante no trabalho que a vida te deu a realizar.

*
Não acomodes com pessimismo e desânimo.
Nem esmoreça no serviço que te propuseste.

*
Quando a sombra se faça mais espessa, em torno de ti, acende a chama da oração e prossegue.

*
A luz da prece te fará ver a estrela da esperança a guiar-te em rumo certo, porque a esperança é a baliza na marcha de todos os corações que procuram por Deus.
Espírito Emmanuel

Psicografia do Médium Francisco Cândido Xavier/Do livro: “AMIGO” 



  Minha Mãe

Da luz do além vejo terras distantes
Num quadro de expressão que nunca vira.
Orion, Sirius, Aldebaran, Alfa e Lira...
Na celeste harmonia de gigantes.

A saudade cruel é a força que me inspira.
Todo ambiente em torno é belo como dantes
No reduto das rosas fascinantes
Sustentadas aos toques da safira

Busco uma casa amiga, o coração estala.
Encontro minha mãe! Corro a beijá-la
Abraçado no amor de que me inundo.

Meu Deus! Não quero o céu, mesmo em te               amando.
Quero ficar com minha mãe rezando
Na verdadeira paz que achei no mundo!...
      Azevedo Cruz/
psicografia do Médium Francisco C. Xavier




ERROS

Se alguém erra no amor,
Nada reproves. Ora.

Necessidade, às vezes,
È o motivo da queda.

Às vezes, natureza
É a exigência oculta.

Basta à pessoa errada
O próprio sofrimento.

Não condenes, Não sabes
O que será de ti.

Se alguém erra no amor,
Entrega o assunto a Deus.
     Espírito Emmanuel
    
Médium: Francisco C. Xavier
Do livro: “SENDA PARA DEUS”









           VENCERÁS

Não desanimes.
Persista mais um tanto.
Não cultives pessimismo.
Centralize-te no bem a fazer.
Esquece as sugestões do medo destrutivo.
Segue adiante, mesmo varando a sombra dos próprios erros.
Avança ainda que seja por entre lágrimas.
Trabalha constantemente.
Edifica sempre.
Não consintas que o gelo do desencanto te entorpeça o coração.
Não te impressiones à dificuldade.
Convence-te de que a vitória espiritual é construção para o dia-a-dia.
Não desistas da paciência.
Não creais em realizações sem esforço.
Silêncio para a injúria
Olvido para o mal. Perdão às ofensas.
Recorda que os agressores são doentes.
Não permitas que os irmãos desequilibrados te destruam o trabalho ou te apague a esperança.
Não menosprezes o dever que a consciência te impõe.
Se te enganastes em algum trecho do caminho, reajusta a própria visão e procura o rumo certo.
Não contes vantagens e fracassos.
Estuda buscando aprender.
Não te voltes contra ninguém.
Não dramatizes provações ou problemas.
Conserva o hábito da oração para que se te faça luz na vida íntima.
Resguarda-te em Deus e persevera no trabalho que Deus te confiou.
Ama sempre, fazendo pelos outros o melhor que possas realizar.
Age auxiliando. Serve sem apego.
E assim vencerás.

o grifo é meu

Espírito Emmanuel/psicografia do Médium Francisco C. Xavier
Do livro: "Astronautas do Além"





    Paciência sempre

Paciência é o tesouro que acumulamos,
migalha a migalha de amor e entendimento,
perante os outros; para conquistá-lo, no
entanto, é forçoso saibamos justificar com
sinceridade a hostilidade, sempre que
surjam naqueles que nos rodeiam.
Em síntese, se desejamos a própria
integração com os ensinamentos do Cristo, é
imperioso compeender que todos os irmãos
destrambelhados em fadiga ou desfalecentes
na prova, ainda incientes quanto às
próprias responsabilidades, tem razão de
perder o próprio equilíbrio, menos nós.

Espírito Emmanuel
Psicografia do Médium: Francisco C. Xavier


          Impaciência
                  Emmanuel

Em qualquer agitação exterior,
Mantém a serenidade necessária
Para que não destruas a formação
Do auxílio que já estará na direção
Do teu próprio endereço.
Nas horas atormentadas da vida,
Age com paciência e tolerância.
A  paz em ti será paz nos outros
E todos nós, seja aqui ou além,
Necessitamos de paz,
A fim de viver fazendo o melhor.

Médium: Francisco C. Xavier
Do livro “Paciência”


EM CONSTANTE RENOVAÇÃO
                           "Renovai-vos no espírito..." -Paulo.   Efésios, 4:23.

      NÃO PERCA

Não perca a esperança.
Há milhões de pessoas aguardando os recursos de que você já dispõe
Não perca o bom humor.
Em qualquer acesso de irritação, há sempre um suicidiozinho no campo de suas forças.
Não perca a tolerância.
É muita gente a tolerar você naquilo que você ainda tem de indesejável.
Não perca a serenidade.
Além da planície, surge a montanha, aparece o horizonte infinito.
Não perca o estudo.
A própria morte é lição.
Não perca a oportunidade de servir ao semelhante.
Hoje ou amanhã, você precisará de concurso alheio.
Não perca tempo.
Os dias voltam, mais os minutos são outros.
Não perca a paciência.
Recorde a paciência inesgotável de Deus.

             Pelo Espírito de André Luiz
             Médium: Francisco Cândido Xavier



RESPONSABILIDADE


                                                  Espírito Emmanuel



Deus emprestou-te filhos

Para que os eduques.

Deus confiou-te terras

Para que as cultives.

Deus mandou-te o dinheiro

Para servir ao bem.

Deus te envia a saúde,

A fim de que trabalhes.

Deus o fez livre, forte

E também responsável.

Mas o mundo é de Deus.


Psicografia do Médium: Francisco C. Xavier
Do livro SENDA DE DEUS


Aperfeiçoar para o bem é impositivo da lei.
Em muitas ocasiões, afirma-te cansado, sem
qualquer recurso para empreender a tua
transformação.
Acreditas-te doente, incapaz...
Dizes-te inabilitado, semi-morto...
No entanto, agora, como há séculos de
de séculos, a Natureza em tudo é sublime
renascimento.
Renovam-se os dias.
Renovam-se as estações.
Velhas árvores decepadas deitam vergônteas
novas.
Pedras multimilenárias dão formas diferentes
aos serviços da evolução.
Na própria química do corpo em que
temporariamente resides, a renovação há de
ser incessante.
Renova-se o ar que respiras.
Renova-se o alimento de que nutres.
Renova-se a organização celular em que te
apóias.
Renova-se a limpeza que te acalenta a saúde.
Deixa, assim, que a tua emoção e a tua idéia
se transfigurem para fazer o melhor.
Estuda, raciocina, observa e medita...
Mais tarde, é certo que a reencarnação te
conduzirá para novas lutas e novos
ensinamentos; entretanto permanece
convicto de que toda lição nobre, apreendida
hoje, por mais obscura e mais simples, será
sempre facilidade a sorrir-te amanhã.

Pelo Espírito de Emmanuel
Médium Francisco Cândido Xavier






Muitas vezes perguntamos? será que vamos pra colonia?
ou umbral? ai os mais experiente nos ensinam dizendo:
Analise suas ações e comece a mudar os hábitos ruim para bons.

abaixo da foto tem uma dica.

Esta é uma colonia NOSSO LAR




                       A Ficha
   

       João Mateus, distinto pregador do Evangelho na seara Espírita,
Na noite em que atingiu meio século de idade no corpo físico, depois
De orar enternecidamente com os amigos, foi deitar-se. Sonhou que alcançava as portas da vida espiritual, e, deslumbrado com  a leveza de que se via possuído, intentava alçar-se, para melhor desfrutar a excelsitude do Paraíso, quando um funcionário da Passagem Celeste  se aproximou,  a lembrar-lhe solícito:

      - João para evitar qualquer surpresa desagradável no avanço, convém  uma vista d’olhos em sua ficha...

      E o viajante recebeu primoroso documento, em cuja face leu, espantadiço:

      -João Mateus.
      -Renascimento na Terra em 1904.
      -Berço manso.
      -Pais carinhosos e amigos.
      -Inteligência preciosa.
      -Cérebro claro.
      -Instrução digna.
      -Bons livros.
      -Juventude folgada.
      -Boa saúde.
      -Invejável noção de conforto.
      -Sono calmo.
      -Excelente apetite.
      -Seguro abrigo doméstico.
      -Constante proteção Espiritual.
      -Nunca lhe sofreu acidentes de importância.
      -Aos 20 anos de idade, empregou-se no comércio.
      -Casou-se aos 25 anos, em regime de escravização da mulher.
      -Católico romano até os 26.
      -Presenciou, sem maior atenção, 672 missas.
      -Aos 27 anos de idade, transferiu-se para as fileiras Espíritas.
      -Compareceu a 2.195 sessões de Espiritismo, sob a invocação de Jesus.
      -Realizou 1.602 palestras e pregações doutrinárias.
      -Escreve cartas e páginas comoventes.
      -Notável narrador.
      -Polemista cauteloso.
      -Quatro filhos.
      -Boa mesa em casa.
      -Não encontra tempo para auxiliar os filhos na procura do Cristo.
      -Efetuou 106 viagens de repouso e distração.
      -Grande intolerância para com os vizinhos.
      -Refratário a qualquer mudança de hábito para a prestação de serviços aos outros.
      -Nunca percebe se ofende o próximo, através da sua conduta, mas revela extrema suscetibilidade ante a conduta alheia.
      -Relaciona tão-somente com amigos do mesmo nível.
      -Sofre horror às complicações da vida social, embora destaque incessantemente o imperativo da fraternidade entre os homens.
      -Sabe defender-se com esmero em qualquer problema difícil.
      -Além dos recursos naturais que lhe renderam respeitável posição e expressivo reconforto doméstico, sob o constante amparo de Jesus, através de múltiplos mensageiros, conserva bens imóveis no valor de Cr$ 600.000,00 e guarda em conta de lucro particular a importância de Cr$ 302.000,00.
      -Para Jesus, que o procurou na pessoa de mendigos, de necessitados e doentes, deu durante toda a vida 90 centavos.
Para cooperar no apostolado do Cristo, já ofereceu 12 cruzeiros em obras de assistência social.
       DÉBITO...
      Quando ia ler o item referente às próprias dividas, fortemente impressionado, João acordou.
      Era manhazinha...
      À noite, bem humorado, dizia. O sonho modificara-lhe o modo de pensar. Consagrar-se-ia doravante o trabalho mais vivo no movimento Espírita. Pretendia renovar-se por dentro, reuniria agora palavra e ação.
      Para isso, achava-se disposto a colaborar substancialmente na construção de um lar destinado  à recuperação de crianças desabrigadas que, desde muito, desejava socorrer.
      A experiência daquela noite inesquecível era, decerto, um aviso precioso. E, sorridente despediu-se dos irmãos de ideal, solicitando-lhes novo reencontro para o dia seguinte. Esperava assentar as bases da obra que se propunha levar a efeito.
      Contudo, na noite imediata, quando os amigos lhe bateram à porta, vitimado por um acidente das coronárias, João Mateus estava morto.

                         Irmão X

Médium: Francisco C. Xavier
Do livro “Contos e Apólogos” – Edição FEB.